Friday, October 11, 2013

Limeriques geográficos :: a série



O limerique do Peru acabou inspirando, para além do desenho maravilhoso da Maria Gabi, outros limeriques na mesma veia geográfica.

Qualquer livre-docente em limeriques saberá que a geografia é um dos legais dos limeriques, melhor ainda se repetindo o topônimo no quinto verso.

Por que fiz aquele do Peru? Lá sei. Inspirado talvez por um dos mais célebres limeriques de todos os tempos? 

There was an old man from Peru
Who dreamt he was eating his shoe
He awoke in the night
In a terrible fright
And found it was perfectly true...

Sei lá.

Mas aí foram jogando verdes. Quando não jogavam, jogava eu mesmo. De modo que já tem até serizinha especial.




Talvez se morássemos no Peru
tudo mais fácil, sem tanto rebu.
Mas que ideia mais avessa
nem passa pela cabeça
ir com ele pra esse tal de Peru.


Talvez se morássemos na Turquia
tudo mais fácil, sem tanta agonia.
Mas que ideia tresloucada
Esquece isso, camarada,
Ir para a Turquia de mala e quia...



Talvez se morássemos no Gabão
tudo mais fácil, sem tanta emoção.
Mas que ideia mais tolinha
Carregar o meu malinha
Pra ficar se gabando no Gabão.


Talvez se nós morássemos na Grécia
tudo fácil, sem tanta peripécia.
Mas que ideia mais ridícula
Não se aproveita partícula.
Levar o meu deusinho para a Grécia.



Talvez se nós morássemos na Runsa
tudo mais fácil, sem tanta bagunça.
Não, aí exagerei
Porque até onde sei
Não existe (ainda) país chamado Runsa.


1 comment:

Daniele Domingues said...

Adorei! :-)