Monday, November 05, 2012

Noneto





NONETO


Enquanto durmo fico mais cansado
se não te sonho me vem a exaustão
Quando em vigília tenho-te ao meu lado
em pensamento, na palma da mão.
Tá, amor é lençol amarrotado
mas é também ferrugem, cuspe e chão.
Assim findo o noneto em ado e ão.
E assim acaba o dia, inacabado.
(Diga, querida: estou cansado ou não?)

1 comment:

Raul Agostino said...

Noneto é uma palavra perfeita demais! Obrigado, Ev, por de Rosa lembrares. E o ressussitares.