Sunday, November 18, 2012

I want to tell you - Hey, George, que obra-prima



Tenho aqui um livro bonitão só sobre o George, capa dura, lançado pouco depois de seu encantamento: Harrison, by the editors of Rolling Stone.

Mais lá pro final tem um capítulo chamado "The Stories behind the Songs", em que várias de suas composições, Beatles e solo years, são analisadas e contextualizadas. Mais adiante, um outro capítulo, "25 Essential Harrison Performances", faz algo semelhante, mas com composições de John e Paul também. O foco, claro, recai sobre a participação do quiet Beatle.

Soberbos, escritos com verve e paixão (os caras são, meu português falha aqui, realmente opinionated, pro bem e pro mal), os textos, no entanto, não dão atenção a esta obra-prima e uma das minhas favoritas, e não apenas do George, nem apenas dos Beatles, nem apenas do rock, mas de toda a história da música ocidental, que atende pelo nome de "I want to tell you".

Talvez seja lamentável que ela esteja escondida como quinta faixa do lado B. Mas, convenhamos, George já conseguira não apenas emplacar a primeira do lado A ("Taxman", de que falo aqui), como, pela primeira vez, incluir três músicas em um disco dos Beatles.

Talvez esteja aqui a melhor percussão do Ringo. Tem um piano nervoso do Paul, criando uma atmosfera dissonante. Tem os quatro batendo palmas. E tem a letra maravilhosa, sublime do George. God.

Eu repito isso em momentos de júbilo ou quase: "I don't mind / I could wait forever / I've got time".

E tudo isso em 2 minutos e meio.


I WANT TO TELL YOU

I want to tell you
My head is filled with things to say
When you're here
All those words they seem to slip away

When I get near you
The games begin to drag me down
It's all right
I'll make you maybe next time around

But if I seem to act unkind
It's only me, it's not my mind
That is confusing things

I want to tell you
I feel hung up and I don't know why
I don't mind
I could wait forever, I've got time

Sometimes I wish I knew you well
Then I could speak my mind and tell you
Maybe you'd understand

I want to tell you
I feel hung up and I don't know why
I don't mind
I could wait forever, I've got time
I've got time
I've got time

1 comment:

Anonymous said...

Estava eu feliz a ouvir I Want to Tell You, quando resolvi ver as novidades de Goa... Quando vi o post não acreditei!!! Telepatia, só pode ser. Adoro esa musica!