Wednesday, April 06, 2016

Via-Crúcis e Escadaria de Azulejos em São Cristóvão



Não sei bem a história, mas a presumo / invento assim: havia a escadaria ligando a Rua Fonseca Teles lá em cima à Rua Euclides da Cunha, no coração de São Cristóvão, bem ao lado do Santuário de Santa Edwiges. Passagens como esta há por toda a cidade, nada de novo nisso. Mas certo dia os padres da paróquia, tendo à frente talvez o Padre Divino, pároco da igreja, houveram por bem ocupar artisticamente o espaço, que de outro modo, não é difícil imaginar, poderia ser logradouro sujo, escuro e perigoso, e daí contrataram o mestre-de-obras André de Oliveira e o artista plástico Danilo Pagotto. Isso em 2010.

Danilo criou e executou todo o projeto, que consiste um quinze painéis azulejares retratando a Via Sacra, sempre (com exceção do último) à esquerda de quem sobe. Do lado direito, azuelejos alusivos ao santos evangelistas e aos santos arcanjos, e não esperem encontrar apenas os triviais Gabriel e Rafael. Jeremiel, Salatiel e Jegudiel também estão lá. Não bastasse, os espelhos da escadaria são todos eles azulejados. Dir-se-ia uma versão sacra da Selarón.

As pinturas, muito sinceras, são de fatura naïf, mostrando talvez um legado dos Irmãos Igrejas (ver aqui e principalmente aqui).

E cheguei mesmo a encontrar uma senhora que por lá rezava o terço, mostrando ser o lugar um espaço vivo.















PS: Agradeço ao primo Alex von Sydow a indicação do lugar.

3 comments:

Ivo Korytowski said...

PS. Agradeço ao amigo Evandro von Sidow a indicação do lugar, que visitarei oportunamente. Não esqueça de colocar na barra direita um índice por labels para facilitar a navegação temática!

Luiz Carlos Rodrigues said...

Coisa linda, obrigado por divulgar, espero um dia poder conhecer.
Abraços, vou compartilhar.

Ivo Korytowski said...

Fui lá, linda escadaria!